Principais Filamentos Para Impressora 3D Stratas

Desde o primeiro filamento em resina criado, utilizando a estereolitografia em 1984, muita coisa evoluiu no universo da impressão 3D, mas uma coisa sempre permaneceu a mesma: em toda nova tecnologia inserida e materiais criados, os processos tradicionais sempre são ultrapassados por novos.

Para acompanhar a tecnologia 3D, os filamentos (materiais utilizados para impressão) também tiveram de evoluir e o resultado se converte em inúmeros filamentos para impressora 3D, feitos para diferentes segmentos e com diferentes funções. Neste artigo iremos abordar quais são os principais materiais para os equipamentos Stratasys e suas funções.

O Mercado 3D

A indústria moderna está em constante mudança, sempre procurando por soluções mais eficazes e econômicas para substituir processos ultrapassados e as impressoras 3D surgiram para preencher essas lacunas.

São muitos segmentos no qual a impressão 3D marca presença, como na medicina, para a construção de próteses para deficientes físicos que evoluem a cada momento, estimando que em poucos anos vá substituir até mesmo os doadores de órgãos. As próteses ortodônticas e a impressão de moldes também são uma realidade, mais rápida e econômica para os dentistas.

Contudo, não é apenas a área de saúde que se beneficia, no ramo da decoração, a impressão 3D tem uma presença extremamente forte, criando objetos básicos e complexos com a mesma facilidade. Além disso, a criação de roupas para o universo da moda e a prototipagem de maquetes arquitetônicas pode ser feitas em um único dia.
Segmentos como a engenharia, gastronomia, educação e o setor aeroespacial, também fazem um grande uso das vantagens em 3 dimensões.

Conheça os Filamentos Para Impressoras 3D

A Stratasys é a empresa pioneira na criação de filamentos para impressora 3D, criando e desenvolvendo as principais tecnologias para a indústria. Conheça agora quais são os principais filamentos que a empresa possui para seus equipamentos:

  • PLA – É um termoplástico produzido tendo como matéria prima recursos renováveis, ideal para produzir designs conceituais rápidos e econômicos, com uma alta taxa de rigidez e boa resistência à tração. É um filamento para impressoras 3D de baixo custo, presente na maior parte dos equipamentos Stratasys;
  • Resistentes – A Stratasys dispõem de sete diferentes tipos de filamentos ABS, com características rígidas e duráveis superiores ao PLA: ABS Digital plus, ABS-ESD7, ABSi, ABSPLUS, ABS-M30 e M30i, esses materiais resistem a temperaturas de até 85ºC. Outras opções extremamente resistentes são o FDM Nylon 6 e Nylon 12, que apresentam resistência e flexibilidade, com ótima relação entre peso e força, além de possuir qualidades anti-corrosivas e taxas de atrito extremamente baixas, ideal para aplicações em ferramentas e peças de uso final;
  • Flexíveis – Existe uma grande variedade de filamentos para impressoras 3D flexíveis, produzidos pela Stratasys, a base de fotopolímeros e elastômero como o Agilus 30 e o FDM TPU 92A, respectivamente. Além de materiais voltados para o setor odontológico, ideais para uma visualização com maior riqueza de detalhes (com modelos duráveis e precisos) outro importante filamento é o Tango, que simula borracha com diferentes níveis de alongamento em 3 cores.
  • Alta Temperatura – Mesmo que o ABS tenha uma boa resistência, o filamento de alta temperatura é resistente e rígido, perfeito para peças estáticas ou de teste térmico para alta resistência ao calor, como por exemplo, em aplicações domésticas e na fixação de encanamentos.

A Stratasys é uma empresa pioneira e ao mesmo tempo vanguardista, desenvolvendo sempre as melhores ferramentas para tornar a impressão 3D algo real e acessível para todos os setores.
Para conhecer todos os filamentos para impressoras 3D e suas funções, entre em contato conosco. A Comprint é uma das principais representantes dos equipamentos Stratasys no Brasil, acesse nosso site e conheça mais sobre nossos produtos e serviços.

Postagens Relacionadas